Blog

Integrando Business Process Intelligence ao Nagios Core no CentOS

Introdução

Este artigo estará abordando a instalação e modelos de configuração de estruturas básicas do Nagios Business Process Intelligence com objetos obtidos a partir da sua sincronização com o Nagios Core 4.3.

Pressupõe-se aqui que o Nagios Core já esteja instalado conforme orientado pelo artigo Configurando o Nagios pela primeira vez.

O que você vai fazer ?

Se você seguir as instruções, vai aprender as seguintes configurações:

  • Caminho padrão para os arquivos em /var/www/html e atribuição dos(as) proprietários/permissões apropriados(as)
  • Entendimento e configuração de parâmetros e grupos simples formados por hosts/serviços e seus efeitos singulares
  • Definição de serviço para monitorar o(s) grupo(s) criado(s) no Nagios Core

Pré-requisitos

Durante a instalação, você precisará ter acesso de root na maquina.

Certifique-se que os pacotes abaixo estão instalados.

  • Apache
  • PHP
  • GD development libraries

Guia passo-a-passo

Pelo terminal, faça o download e descompactação do pacote:

 
	cd /tmp

	wget https://github.com/NagiosEnterprises/nagiosbpi/archive/master.zip

	unzip master.zip

Em seguida, recorte os arquivos extraídos para o seguinte diretório e navegue até ele:

 
	mv /tmp/nagiosbpi-master/nagiosbpi /var/www/html/

	cd /var/www/html/nagiosbpi

Adicione o subdiretório, os proprietários e as permissões necessários

 
	mkdir tmp

	chown -R apache:nagios /var/www/html/nagiosbpi/

	chmod +x set_bpi_perms.sh

	./set_bpi_perms.sh

Edite a configuração a seguir para corresponder aos locais do Nagios Core

 
	vim constants.conf

	STATUSFILE=/usr/local/nagios/var/status.dat
	OBJECTSFILE=/usr/local/nagios/var/objects.cache
	CONFIGFILE=/var/www/html/nagiosbpi/bpi.conf
	CONFIGBACKUP=/var/www/html/nagiosbpi/bpi.conf.backup
	XMLOUTPUT=/var/www/html/nagiosbpi/tmp/bpi.xml

Abra o script referido abaixo e ajuste o caminho da linha em destaque

 
	vim check_bpi.php

	$file = '/var/www/html/nagiosbpi/api_tool.php';

Crie um link simbólico para o script supracitado na pasta de plugins padrão do Nagios

 
	ln –s /var/www/html/nagiosbpi/check_bpi.php usr/local/nagios/libexec/check_bpi

Feito isso, passe para a interface gráfica do Nagios BPI através do seguinte link

 
	http://IPdoservidor/nagiosbpi

	Login: mesmo do Nagios
	Senha: mesma do Nagios

Remova os grupos genéricos (opcional) e adicione um novo grupo contendo serviços/hosts de sua preferência

Abaixo estarão descritas resumidamente as configurações disponíveis para cada grupo:

  • Group ID: o nome real do grupo que deve ser endereçado pelo check_bpi.php
  • Display Name: o nome fictício do grupo que irá ser exibido na tela BPI Home
  • Group Description: descrição para o grupo que acompanha o Display Name em BPI Home
  • Info URL: definição de endereço de uma página existente para visualização do grupo ou dos serviços/hosts
  • Primary Group: um grupo primário é sempre exibido na tela inicial do Nagios BPI e um grupo não-primário somente é mostrado se associado a um grupo primário
  • Warning Threshold: determina o limite de alertas de serviços/hosts/grupos que podem existir antes de ser disparado o estado WARNING para o grupo
  • Critical Threshold: determina o limite de alertas de serviços/hosts/grupos que podem existir antes de ser disparado o estado CRITICAL para o grupo
  • Display Priority: a ordem em que os grupos são exibidos na BPI Home

Aplicadas as configurações, acompanhe o status pela BPI Home (neste exemplo, não existirão alertas pelo fato de os serviços apresentarem saída “OK”)

Altere as configurações de Warning e Critical Threshold para 1 e 2, respectivamente, e observe o comportamento do grupo neste próximo caso

Teste agora a opção Essential Member (nas definições do grupo) e repare que o estado do grupo reflete o estado do serviço/host marcado

Por fim, retorne para a linha de comando, acesse os arquivos de configuração do Nagios e adicione o comando e o serviço necessários para monitorar o grupo

 
	vim /usr/local/nagios/etc/commands.cfg

	define command{
	      command_name check_bpi
              command_line $USER1$/check_bpi $ARG1$

e

 
	vim /usr/local/nagios/etc/localhost.cfg

	define service{
                use                             local-service        
                host_name                       localhost
                service_description             Grupo Nagios BPI
                check_command                   check_bpi!lhgroup
                }

Feitos os preparativos, reinicie o serviço Nagios

 
	service nagios restart

Problemas com a execução ?

Caso tenha dúvidas, refira-se à documentação ou ao fórum oficiais pelos links abaixo:

Procedimento oficial do Nagios BPI (em inglês)

Fórum oficial do Nagios

Posted in: Nagios Core, Plugin, Uncategorized

Leave a Comment (0) ↓

Leave a Comment